Receita de tintura de amora: para regular hormônios, controlar diabetes e ajudar a emagrecer

O uso da amoreira para fins medicinais é secular. Não é à toa, visto que suas propriedades benéficas à saúde são inúmeras. Então que tal aprender a fazer sua própria tintura de amora e aproveitar os incríveis benefícios dessa planta em sua forma mais concentrada? Além de mais econômico, o processo é simples e gratificante.

Mas você sabe o que é uma tintura de ervas? Trata-se duma forma de preparação em que se extraem os princípios ativos da planta medicinal, utilizando-se para isso, de preferência, álcool de cereais.

O álcool é um diluente, ele serve para puxar todas as propriedades medicinais da planta, incorporando-as a ele. A tintura de ervas pode ser feita com as folhas secas ou frescas picadas e maceradas por determinado período de tempo.

E quanto à amora? Você conhece os benefícios dessa planta para a saúde? A amora (Morus nigra; Morus alba)
É conhecida principalmente por regular os hormônios, sendo bastante eficaz no combate dos sintomas da menopausa.

Isso acontece porque possui fito-hormônios que têm uma função que muito se assemelham ao estrogênio. Ela tem ação anti-inflamatória e analgésica. Possui elevada quantidade de sais minerais como potássio, cálcio, fósforo, ferro, magnésio, zinco e vitaminas A, C, E, K, B1, B2 e B5. Também é rica em flavonoides, aminoácidos, carotenos e taninos.

O chá ou a tintura são excelentes para quem quer emagrecer, pois as folhas de amora têm um componente que ajuda a bloquear parte do carboidrato que consumimos. Já a fruta em si contém pouquíssimas calorias.

Além de tudo, ajuda a combater os radicais livres, por ser um potente antioxidante. Dessa forma combate o envelhecimento precoce e a formação de várias doenças degenerativas.

Benefícios da amora para saúde: Melhora os sintomas da menopausa – Regula a menstruação – Trata afecções da garganta – Combate problemas das vias urinárias – Alivia cólica e TPM – Controla a pressão arterial – Ajuda a emagrecer – Auxilia no tratamento da osteoporose – É depurativa do sangue – Combate as afecções respiratórias – É vermífuga – É diurética – Combate problemas da tireoide – Possui ação antioxidante – Promove o aumento da libido – Regula o sono – Melhora a elasticidade da pele – Elimina espinhas – Trata o diabetes

A amora, além de tratar a parte hormonal, fortalece o sistema urinário e reprodutor. Ela também serve para os homens. Neles traz benefícios para a próstata, bexiga e rins.

Ingredientes para tintura: 100 gramas de folhas secas de amora – ½ litro De álcool de cereais a 70% – 1 recipiente de vidro com tampa. – Frascos de vidro conta-gotas, escuros.

Como preparar álcool de cereais a 70%: Deve-se misturar 300 ml de água destilada e 700 ml de álcool de cereais. Ao diluir o álcool na água, nessa proporção, você terá um álcool a 70%.

Modo de preparo da tintura: Junte as folhas da amoreira e o álcool numa garrafa de vidro escura e esterilizada. Feche bem a garrafa e guarde em temperatura ambiente dentro de um armário e deixe macerar por 15 dias, agitando a mistura duas vezes ao dia. Após 15 dias, coe a mistura e coloque em frascos escuros conta gotas. Toma-se 20 gotas duas vezes ao dia em meio copo de água.

Caso você tenha um pé de amora em casa, poderá deixar as folhas secarem durante uma a duas semana e depois é só quebrar as folhas em pedaços pequenos. Quando for colher verifique se as folhas estão saudáveis: sem fungos e patógenos.

A validade da tintura é de até 2 anos, se conservada longe da luz e do sol. É recomendado guardar num armário escuro ou numa gaveta. Coloque uma etiqueta com a data de fabricação e o nome da tintura para controle próprio. É possível também fazer com a planta fresca. Neste caso, usa-se o álcool de cereais puro, sem diluir.

Desta forma: 125 gramas de folhas frescas. ½ litro de álcool de cereais puro. Lave e pique as folhas frescas e coloque para macerar em vidro escuro por dez dias. Nesse caso a validade é de apenas um ano.

Também é possível fazer a tintura com vodka. Ingredientes: 1 litro de vodka. 100 gramas de folhas secas de amora

Modo de preparar: Junte os dois ingredientes numa garrafa de vidro escura. Feche bem a garrafa e guarde na geladeira. Deixe macerar por 15 dias, agitando a mistura duas vezes ao dia. Após esse período mantenha bem fechada em recipiente escuro ao abrigo da luz e do calor.

Para tomar basta diluir uma colher de chá diluída em água de duas a três vezes ao dia. Além de ser tomada por via oral, a tintura de amora pode ser usada na forma de unguento e também na formulação de cremes/pomadas.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Cura pela natureza