Pai pede a menino de 7 anos para ser o padrinho de casamento dele, sem saber que ele iria expor uma verdade emocionante

Dois membros cruciais de uma cerimónia de casamento são sem dúvida a dama de honor e o padrinho. As melhores pessoas para o papel são muitas vezes os irmãos da noiva e do noivo, ou os seus melhores amigos. Para as futuras noivas, é sempre esperado que a dama de honor planeie uma festa de solteira memorável e participe nas reuniões e jantares de ensaio.

As responsabilidades da dama de honor incluem ajudar no planeamento geral do casamento, tomar de decisões e lidar com situações stressantes (e com as pessoas!), para manter a noiva livre de preocupações. O padrinho tem os mesmos deveres, como fornecer apoio moral, manter o noivo relaxado e no seu melhor e dar um discurso emotivo e divertido.

Felizmente, não há regra que diga que o melhor homem tem que ter uma certa idade. Neste casamento em particular, Nick, o noivo, escolheu a melhor pessoa para o trabalho: o seu filho Vincent, de 7 anos de idade. Nós supomos que ele não tinha uma mão no planeamento da despedida de solteiro, mas o discurso que ele fez definitivamente foi melhor do que qualquer noite fora com os amigos.

O jovem encantador não parecia nem um pouco nervoso em ter que se levantar em frente de todos os convidados e discursar. Ele correu para a frente com confiança, com os papéis na mão, e pegou no microfone.

O homenzinho de 7 anos de idade estava muito elegante e adorável no seu traje formal. O discurso envolvente de Vincent era uma mistura de piadas e doçura que deixou o seu pai e a sua nova madrasta, Lauren, emocionados. Uma das melhores partes foi quando, à sua maneira querida, o pequeno padrinho narrou casos em que o seu pai provou como é um super-herói para o seu filho.

“Todos os verdadeiros super-heróis precisam de um ajudante, e esse sou eu. E todos os super-heróis precisam de uma menina bonita ao seu lado, e essa é a Lauren. Na minha opinião, fazemos uma equipa imparável”, disse o menino.

Quantos recém-casados ​​recebem o privilégio de ter um jovem tão cativante a dar um discurso tão bom no seu casamento? De histórias que trouxeram lágrimas aos olhos dos casais a narrativas que fizeram o casal e todos na receção irromper a rir, o discurso de Vincent definitivamente elevou o nível.

Vincent terminou o seu discurso com um brinde, o que fez os convidados rir ainda mais, especialmente quando ele recusou um copo de água que lhe foi entregue.

Fonte: Partilhado