Os sinais que avisam que um infarto está prestes a acontecer numa mulher

Você sabe qual é o sintoma mais comum para detectar um infarto? Com certeza é a forte pressão acompanhada de dor que sentimos no peito. Você sabe qual é o sintoma mais comum para detectar um infarto?Com certeza é a forte pressão acompanhada de dor que sentimos no peito.

– Cansaço e fadiga anormal, – Ansiedade, – Transpiração excessiva.

No entanto, entre as mulheres, os sintomas do pré-infarto costumam ser menos perceptíveis. Mas enjoos, náuseas e o aumento da ansiedade são frequentes.

O problema é que esses sintomas nos levam a confundir o problema com outros menos graves. Por isso, não vacile: percebendo ansiedade ou náuseas frequentes, procure imediatamente um médico. O tempo faz muita diferença em um episódio de infarto – quanto mais rápido o atendimento, maiores as chances.

A prevenção do problema pode ser feita de forma natural, como: – Consumo de alimentos vasodilatadores: eles ajudam cumprir a função de relaxar as paredes dos vasos sanguíneos, regulando a pressão arterial e contribuindo para o sangue fluir corretamente.

Portanto, invista no alho, chocolate amargo, cebola, beterraba e tantos outros excelentes alimentos. – Dieta rigorosa: tenha uma alimentação saudável e equilibrada. Corte os alimentos industrializados e artificiais da dieta. Acrescente frutas frescas e vegetais, além de cereais integrais, peixes e outros alimentos saudáveis.

– Consuma suplementos-chave: óleo de peixe, coenzima Q10, vitamina D e magnésio são excepcionais quando o assunto é doença no coração. Converse com seu médico ou nutricionista sobre eles.

– Pratique exercício: faça isso pelo menos duas vezes por semana. Ande a pé ou de bicicleta, atividades como essas melhoram a circulação do sangue.

O infarto ocorre quando uma ou mais artérias que levam oxigênio ao coração (chamadas artérias coronárias) são obstruídas abruptamente por um coágulo de sangue formado em cima de uma placa de gordura (ateroma) existente na parede interna da artéria.

A presença de placas de gordura no sangue é chamada de aterosclerose (placa de colesterol). O paciente que possui placas de aterosclerose com algum grau de obstrução na luz de uma artéria tem a chamada DAC – doença arterial coronariana.

Conforme a placa de gordura (ateroma) cresce, ela leva à obstrução cada vez maior da coronária e pode levar ao sintoma de dor no peito aos esforços (angina). Em geral, uma pessoa tem sintoma de dor no peito aos esforços quando a obstrução é maior que 70%.

Observação: a dor no peito que ocorre com o pré-infarto pode desaparecer quando paramos de fazer esforço e relaxamos os músculos. O infarto é diferente. A dor é constante, estejamos em atividade ou não.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Cura Pela Natureza