Os 10 melhores antibióticos naturais para combater infecções – e “eles” não querem que você saiba!

Os antibióticos têm um papel importante na medicina. Quando o sistema imunológico está sobrecarregado, eles podem ser muito úteis.

No entanto, embora mais de uma centena de diferentes antibióticos tenham sido desenvolvidos desde a descoberta da penicilina, em 1928, as infecções ainda nos afligem.

O problema é que as pessoas abusam do consumo de antibióticos e, como resultado, muitas bactérias terminam criando resistência a eles. Os antibióticos podem ser a salvação, em alguns casos, quando usados apropriadamente. No entanto, o uso excessivo ou inadequado deles pode causar problemas de saúde generalizados. O que fazer para evitar isso?

Consumir alimentos que são verdadeiros antibióticos naturais e que não oferecem risco de saúde nem de criar superbactérias. Esse antibióticos naturais devem ser usados de forma regular numa rotina que visa à prevenção.

Os antibióticos que você compra na farmácia existem há menos de cem anos, enquanto os antibióticos naturais têm sido usados ​​por mais de 2.000 anos.

O uso adequado dos antibióticos naturais pode não só inibir infecções bacterianas, virais e fúngicas, mas também minimizar a necessidade de antibióticos farmacêuticos, com seus efeitos secundários adversos.

Mas, como dissemos, eles precisam ser consumidos regularmente para formar uma proteção real. É preciso entender que a ação de um remédio natural é lenta e gradativa, porém com baixíssima taxa de risco.

Selecionamos o que, no nosso entendimento, são os dez melhores antibióticos naturais. Todos são facilmente encontrados na feira, no supermercado e em boas lojas de produtos naturais.

Inclua um ou mais deles em sua alimentação e você terá muito mais resistência a infecções. Eis a relação como os sete mais poderosos antibióticos naturais.

1. Açafrão-da-terra/ cúrcuma: Para muitos, nenhum outro alimento tem atividade antibiótica maior que a cúrcuma (açafrão-da-terra). Os indianos já sabem disso e a usam há milhares de anos para combater dor de garganta e outras infecções. Consuma cúrcuma (se possível combinada com pimenta-do-reino) e sentirá uma maior resistência do seu corpo.

2. Limão: A elevada percentagem de potássio e vitamina C do limão faz com que seja um forte antibacteriano. A fruta pode ser consumida pura ou na forma de suco com um pouco de mel.

3. Mel: O mel é especial para combater infecções e suas enzimas ajudam a eliminar as bactérias.

4. Alho: O alho tem forte ação antibiótica e uma grande quantidade de antioxidantes. Ele elimina as bactérias que estão alojadas no nosso sangue e ajuda a manter nosso sistema imunológico forte.

5. Cebola: Graças à sua elevada percentagem de enxofre e flavonóides, é excelente para problemas respiratórios, como gripe, bronquite e faringite.

6. Gengibre: O gengibre é muito potente para combater infecções e aliviar dores. Você pode tomá-lo como chá ou adicioná-lo em sucos.

7. Alecrim: O alecrim é outro potente antibiótico natural. Ele possui intensa atividade bactericida, além de propriedades antivirais. O chá de alecrim ajuda a combater os germes que podem invadir o organismo e causar infecções.

8. Canela: A canela tem uma longa história tanto como especiaria quanto como medicamento. Seus óleos essenciais são poderosos no combate a vírus, bactérias e fungos.

Procure consumir canela das mais diversas formas (chá, sob frutas, no suco…) e pouco a pouco construirá uma forte proteção contra infecções. A canela, todavia, é contraindicada para quem tem pressão alta e seu consumo também deve ser evitado durante a gravidez.

9. Vinagre de maçã: Ele contém ácido málico, uma substância exterminadora de vírus e bactérias. O vinagre de maçã, consumido regularmente, age fazendo uma limpeza e evitando a proliferação de microrganismos patogênicos no nosso organismo.

10. Folhas de oliveira: Ela têm uma incrível capacidade de destruir uma grande variedade de vírus, fungos e bactérias. Este potente antibiótico natural pode ser tomado para ajudar a combater todos os tipos de infecção.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.