Em quanto tempo você consegue encontrar o casal diferente dos outros? Apenas 7% das pessoas conseguem achar

Quase todas as pessoas, cresceram jogando o “jogo dos erros” e gostam de resolvê-lo, então esta é uma versão mais difícil para adultos! O que você precisa fazer é achar o casal diferentes do resto. Parece bem fácil, certo? Experimente! Em quanto tempo você achou o casal diferente? Você pode saber se acertou conferindo a resposta abaixo – não olhe antes de tentar responder!

3 maneiras práticas de melhorar seu raciocínio

Como um músculo normal, seu cérebro também precisa de exercícios para se manter em forma. Um bom raciocínio lógico é uma competência muito valorizada na vida pessoal e profissional. É possível exercitar o seu cérebro, melhorar seu raciocínio e aprimorar suas habilidades cognitivas.

Um bom raciocínio lógico é uma competência muito valorizada na vida pessoal e profissional. Quando bem desenvolvida, aumenta a capacidade de solucionar problemas, favorece o poder de argumentação e de elaboração de estratégias.

Não à toa, essas características são altamente requisitadas no mercado de trabalho e a disciplina “raciocínio lógico” está presente em quase todas as provas de concursos públicos e processos seletivos. Muitos acreditam que pensar rápido e de forma lógica é uma habilidade nata.

Mas hoje vamos mostrar que, por meio de algumas práticas simples, é possível exercitar o seu cérebro, melhorar seu raciocínio e aprimorar suas habilidades cognitivas. Quer saber como? Então veja as dicas abaixo:

1. Tente algo diferente: Atividades novas, jamais experimentadas, estimulam o cérebro e ajudam a criar novas conexões neurais. No dia a dia, vale desde tentar um caminho alternativo para chegar em casa, experimentar um prato diferente, até aprender algo novo como cozinhar, jogar xadrez, dançar uma coreografia e, se houver a oportunidade, conhecer uma cultura diferente. Não importa como, procure manter sua mente em movimento.

2. Pratique exercícios físicos regularmente: Que a prática regular de exercícios físicos faz bem ao corpo você já sabe. Mas não para por aí. Ao se movimentar, seu cérebro também ganha (e muito)!

A realização de atividades físicas aumenta o fluxo de oxigênio na região cerebral e eleva a liberação e a produção de neurotransmissores, substâncias que transmitem informações de uma célula para outra.

Com isso, além de um melhor desempenho das funções cerebrais, torna-se mais fácil controlar estados de ansiedade, depressão e estresse. Pesquisas recentes também apontam a importância dos exercícios físicos para a consolidação de memórias.

3. Treine sua memória: Sempre que houver a oportunidade, faça o seu cérebro trabalhar! Procure memorizar números de telefone, nomes de ruas, receitas e quaisquer outras informações da sua rotina. O mesmo vale para os cálculos simples.

Em vez de se render à calculadora na hora de dividir a conta do restaurante entre os amigos, tente fazer as contas de cabeça. Pequenas atitudes como essas ajudam a manter o cérebro ativo.

Fonte: Apost.com