A melhor bebida para fortalecer os joelhos e reconstruir a cartilagem e os ligamentos!

Dor nos joelhos é um grande problema. Não só isso: ela pode nos impedir de praticar nossas tarefas do cotidiano.

Quem nunca teve inflamação ou lesão nessa parte do corpo, não sabe o quanto é ruim o incomodo na hora de caminhar, pular, levantar ou fazer qualquer outro movimento com as pernas.

A situação, às vezes, é tão séria que muita gente acaba largando o esporte preferido por não conseguir suportar a dor.

Trouxemos uma receita que com certeza ajudará no tratamento. Afinal, com dor não é possível ter a qualidade de vida que tanto prezamos.

Trata-se de uma bebida à base de aveia, abacaxi, canela e aveia.

Ela é muito rica em nutrientes, como vitamina C, magnésio, silício e bromelina.

A bromelina, presente no abacaxi, tem propriedade anti-inflamatórias e, por isso, ajuda a reduzir dores musculares e articulares, especialmente as causadas por intensa atividade física.

Além da bromelina, o abacaxi é rico em vitamina C, que auxilia na prevenção de várias doenças dos ossos e tem propriedades anti-inflamatórias.

E também possui manganês, que ajuda os ossos, o metabolismo de gorduras e carboidratos, assim como a absorção de cálcio e a regulagem do açúcar no sangue.

Esta receita, em resumo, vai fortalecer os tendões e os ligamentos dos joelhos.

Veja como ela é simples: 250 ml de água, 1 xícara de farinha de aveia, 40 gramas de mel, 2 xícaras com pedaços de abacaxi em cubos, 1 copo de suco de laranja, Meia colher (chá) de canela em pó, 40 gramas de amêndoas esmagadas

MODO DE PREPARO: Ferva a água e acrescente farinha de aveia durante o cozimento , sem parar de mexer. Em seguida, prepare um suco de abacaxi – acrescentando, no liquidificador, mel, amêndoas, suco de laranja e canela. Feito isso, misture o mingau ao suco de abacaxi e mexa. Tome imediatamente. Se quiser, coloque alguns cubos de gelo. Pode tomar esta bebida pelo tempo que quiser.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.