Desconhecido salva bebê do fogo e desaparece – 46 anos depois, o mistério é resolvido

No dia 2 de julho de 1971, um jovem de 24 anos saiu para se exercitar um pouco e acabou se tornando um herói. Quando o estudante da Fresno City College estava a caminho de casa, depois de ter corrido um pouco, ele viu um fogo doméstico e decidiu investigar. Minutos depois, o jovem acabou salvando um bebê do incêndio.

Quando ele chegou ao local, a casa estava sendo completamente engolida pelas chamas. Do lado de fora, ele viu três meninas de pijama e uma mãe aterrorizada, gritando que uma das crianças havia ficado presa no quarto! Apesar de um policial já ter chegado, os bombeiros ainda não tinham aparecido para salvar o bebê do incêndio.

Carol Magee disse ao policial e ao estudante qual era o quarto onde o bebê estava. Como só havia um oficial no local, ele não teve outra opção senão pedir ajuda ao universitário para resgatar a criança. Então, o jovem foi içado até o quarto em chamas e resgatou o bebê que, felizmente, não tinha ferimentos. Tudo correu bem, e o estudante apenas ficou com ligeiros cortes devido aos estilhaços de vidro da janela.

A mãe ficou muito agradecida por ter o filho de volta em seus braços. Segundos depois do resgate, o teto do quarto desabou e o quarto onde a criança estava foi engolido por chamas… Carol Magee queria agradecer ao estudante desconhecido por ter salvo a vida ao bebê do incêndio, mas ele desapareceu sem deixar rasto.

Um jornal local redigiu uma notícia sobre o horrível incêndio, mas ninguém sabia a identidade do herói mistério até receberem uma chamada. Um amigo do estudante informou que o último nome do estudante era Freund.

Apesar dessa informação, Carol Magee nunca o encontrou, nem teve uma chance de agradecer o ato heróico. Anos mais tarde, Cyndee Farr-Gutiérrez, uma das filhas, escreveu uma carta de agradecimento ao estudante e enviou para o jornal local, The Fresno Bee. Ela pediu que a carta ficasse como um anúncio, na esperança de conseguir encontrar o homem mistério.

Os jornalistas do The Fresno Bee decidiram ajudar Cyndee na sua busca… e conseguiram! No final do ano passado, as irmãs descobriram o herói que salvou seu irmão: Rick Freund. A família se reencontrou com o homem, e conseguiu finalmente agradecer pessoalmente por seu gesto corajoso.

Essa é uma foto de Freund com o bebê do incêndio: Robert “Bobby” Magee. Ele tem 47 anos de idade e trabalha como carpinteiro.

Para além disso, Bobby possui uma plantação de abóboras e também gere uma associação local de dadores de sangue. “Nós colocamos muito sangue, suor e lágrimas no nosso trabalho, e acho que é disso que eu estou mais orgulhoso, todos os anos nós salvamos vidas”, diz Bobby sobre o seu projeto, que coletou 18 mil doações de sangue nos últimos 18 anos. Nada disso seria possível se Freund não lhe tivesse salvo vida…

Freund serviu no exército e agora é dono de uma empresa de transporte. Infelizmente, Carol morreu em 2003 e acabou por nunca agradecer pessoalmente ao herói. No entanto, ela escreveu uma carta, como se fosse o bebê Bobby a falar, para reconhecer o lindo gesto do desconhecido

“Você salvou minha vida e desapareceu antes que meus pais pudessem expressar sua gratidão. Alguns heróis podem não querer receber agradecimentos.

Um agradecimento não é suficiente por ter salvado a minha vida. Mas eu sei que minha mãe e meu pai farão o seu melhor para me ensinar o que é certo e errado e seguir o seu exemplo.

Você viu o que precisava ser feito e você fez. Jamais iremos lhe esquecer.

Bobby” Mas essa não foi nem a primeira nem a última vez

em que Rick Freund mostrou heroísmo e coragem. Ele já salvou um estranho usando a manobra de Heimlich, ressuscitou um homem em parada cardíaca, entre muitas outras coisas. Freund tem até vários prémios de heroísmo. “Você vê algo errado e respira profundamente quando vê que mais ninguém irá ajudar. Então você vai e faz.”

O mais comovente disso tudo é que o menino que ele resgatou também dedicou a sua vida a salvar os demais através da organização de dadores de sangue. As boas ações sempre são recompensadas… desejamos tudo de bom para essa família e para Freund, que é sem dúvida um herói da vida real.