7 receitas caseiras para você tratar seu cão ou gato de forma natural

Trate também seus animais de estimação com receitas caseiras. E já existe uma boa oferta de veterinários que têm a preocupação de tratar nossos amiguinhos com remédios naturais. A medicina natural é boa para todos – inclusive para cães e gatos. Neste post, fizemos uma seleção com sete ótimas receitas caseiras para eles:

1. Pulgas: Para repelir pulgas do cachorro, pingue uma gota de chá de arruda na pele dele. Para sarna, melão-amargo (ou melão-de-são-caetano). É necessário fazer o tratamento por três semanas. Dê um banho normal no cachorro semanalmente, secando com toalha e secador.

Posteriormente, aplique o suco puro do melão-de-são-caetano. Deixe agir por dez minutos (atenção: o cachorro não pode lamber, pois é tóxico), enxágue bem e seque.

2. Aumentar a imunidade do cachorro: Se ele estiver adoentado, misture na ração de uma a duas colheres de aveia (café, chá, sobremesa ou sopa, conforme o tamanho do cachorro). Mas atenção: não exagere, pois a aveia poderá causar diarreia no cão.

Outro bom suplemento para estimular a imunidade é o levedo de cerveja. Dê ao seu pet de meia a uma colher (sopa) de levedo de cerveja, misturando na comida.

3. Acabar com cólicas e desintoxicar o cachorro: A água de arroz ajuda a desintoxicar e o chá alivia cólicas. Lave arroz cru (use de cada vez um copo de água para cada meia xícara de arroz comum) e separe a terceira passagem da água.

Coloque numa seringa sem agulha e dê um pouquinho do líquido várias vezes ao dia. Intercale o remedinho com chá de erva-doce, que alivia as cólicas.

4. Acalmar cachorros que ficam sozinhos: Numa panela sem tampa, ferva por dez minutos de três a cinco gramas de folhas de maracujá em 250 ml de água. Quando esfriar, misture esse chá na água que o animal bebe.

5. Espantar parasitas, como pulgas e carrapatos: Prepare uma infusão com 20 gramas de folhas de arruda em um litro de água quente (sem ferver) e use como a última água de enxágue. Deixe secar naturalmente. Galhos da erva-de-santa-maria sob a cama deles agem como repelente.

6. Cicatrizar mais rápido pequenos machucados: Coloque uma folha de couve macerada sobre o ferimento.

Mas, se ele insistir em comer o curativo, deixe a couve para lá e misture uma parte de tintura de calêndula em duas partes de água fervida e filtrada e passe no machucado de três a quatro vezes ao dia.

7. Aliviar sintomas de gripes, resfriados e tosses: O veterinário já deu o diagnóstico? Então prepare o xarope: ferva seis folhas picadas de guaco em meio litro de água, coe, misture o suco de um limão e adoce com três colheres (sopa) de mel puro. Dê uma colher (de chá, sobremesa ou sopa, conforme o tamanho do bicho) de três a quatro vezes ao dia.

Cura Pela Natureza